RSS

Arquivo da Categoria: Homoparentalidade

Criança com dupla maternidade

Foi esta semana noticiado pelo Grupo Famílias Arco-íris da Associação ILGA Portugal que, no Brasil, foi reconhecida legalmente a dupla maternidade de um casal de lésbicas.

A criança de 3 anos é a terceira criança no Brasil a ter o nome de duas mães na sua certidão de nascimento. Uma das mães gerou biologicamente a menina e a outra adotou-a na condição de companheira da mãe biológica.

A juíza que decretou a dupla maternidade – Juíza Débora Ribeiro – sentenciou que “O importante para a criança é que tenha figuras significativas que exerçam as funções parentais, independente de suas opções sexuais”. Esta sentença vai ao encontro, sem qualquer dúvida, do Superior Interesse da Criança.

As mães partilharam em entrevista, recearem que a filha seja vítima de preconceito mas, além do apoio da família, contam também com apoio da escola da criança; onde se deixou de comemorar o dia da Mãe e o dia do Pai, para se comemorar o “Dia da Família”. Isto sim é verdadeira inclusão!

A leitura na íntegra pode ser feita no link do Famílias Arco-íris (aqui).

Para melhor compreensão da homoparentalidade, recomendo a leitura destes dois artigos: Brasil reconhece casais do mesmo sexo e garante igual acesso à parentalidade e Homoparentalidade – que realidade(s)?

E para quando notícias com este teor, mas de nacionalidade portuguesa? Para breve, espero!

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 7 de Setembro de 2011 em Homoparentalidade

 

Etiquetas:

Homofamílias |Educar para a diversidade

A ILGA – Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero – é uma Associação de Solidariedade Social que atua na defesa dos direitos das Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros (LGBT), nomeadamente na sua integração social.

A ILGA desenvolve atividades em diversas áreas, sendo uma delas, o Famílias arco-íris – Grupo de Reflexão e intervenção sobre a Diversidade Familiar.

Um dos focos do grupo Famílias arco-íris é a parentalidade LGBT. No seu site encontramos imensa informação a este respeito, em formato de notícias, artigos ou publicações.

Em 2008 foi editada pela ILGA, a brochura As famílias que somos que, através de testemunhos reais, apresenta a realidade familiar das pessoas LGBT, em particular a sua parentalidade, apresentando temáticas muito interessantes e que contribuem para a desmitificação de certas ideias enraizadas na (nossa) sociedade.

Como complemento a esta leitura, recomendo a visualização de pequeno vídeo (falado em Castelhano, legendado em inglês ou francês): o Homo Baby Boom é um documentário da Associação FLG – Associació Famílies LGTB, que retrata a vida quotidiana de famílias homoafetivas. Vemos testemunhos d@s pais, mães e das crianças; e somos convidados a assistir ao seu quotidiano que, como esperado, não difere do quotidiano da “família tradicional”. Interessantíssimo e imperdível.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 18 de Julho de 2011 em Homoparentalidade

 

Etiquetas: ,

 
%d bloggers like this: