RSS

Malala Yousafzai – uma jovem ativista

15 Jul

Malala_Yousafzai_Education_ActivistMalala Yousafzai, 16 anos é um exemplo de coragem e determinação.

Nascida no Paquistão, desde cedo esta jovem assumiu a defesa dos direitos civis, em particular os direitos das mulheres do vale do rio Swat – sua terra – localidade onde os talibã proibiram que raparigas frequentassem a escola. Inconformada por essa proibição, Malala e suas amigas continuavam a frequentar a escola; e esse seu ato de coragem quase lhes valeu a vida. No dia 9 de Outubro de 2012 o seu grupo foi atacado pelos talibã e Malala foi alvejada na cabeça e deixada para morrer. Mas a corajosa jovem sobreviveu e tornou-se ainda mais forte e corajosa.

No dia 12 de Julho de 2013 – dia em que comemorou os seus 16 anos – Malala foi discursar à sede das Nações Unidas em Nova Iorque, onde foi decretado este dia como sendo o “Dia de Malala”. Porém, Malala afirma que este dia não é sobre ela, mas sim “sobre os milhares de pessoas que são mortas ou feridas pelos taliban; ela é apenas uma delas, e ela própria fala por ela e por tod@s. É o dia de todas as mulheres, todos os rapazes, e todas as raparigas que levantaram a sua voz pelos seus direitos”.

Neste seu dia, Malala diz que comemorou não o seu aniversário, mas a sua segunda vida. A jovem dá a sua voz a tod@s aqueles que não têm voz, que não podem ser ouvidos, @s que “lutaram pelos seus direitos, pelo direito de viver em paz e serem tratados com dignidade, pelo seu direito à equidade de oportunidades, pelo seu direito a serem educados”.

No geral é um discurso brilhante, motivador e corajoso. Malala não fala em vingança para com o seu atirador nem com os talibã, fala apenas no direito à educação de todas as crianças, para os milhões de crianças por todo o mundo que não frequentam a escola.

Além de partilhar o vídeo do seu discurso na íntegra, deixo duas frases que se destacaram pela sua simplicidade e assertividade:

“a bala era para me silenciar, mas os talibã  falharam. Em vez do silêncio, milhares de vozes se ergueram, os terroristas pensaram que iriam parar os meus objetivos e as minhas ambições. Mas nada mudou na minha vida exceto isto: fraqueza, medo e descrença morreram; força, bravura e coragem nasceram!”

” Peguemos nos nossos livros e canetas, elas são as nossas mais poderosas armas. 1 criança, 1 professor, 1 livro e 1 caneta podem mudar o mundo. Educação é a única solução

Veja o bravo discurso de Malala Yousafzai , uma jovem ativista merecedora de muito respeito e consideração. (em inglês)

Fonte

 

Etiquetas: ,

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: