RSS

Relatório APAV – 2012

21 Fev

No ano de 2012 a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima – APAV atendeu 887 crianças/jovens vítimas de crime, dos quais 55% com idade inferior a 11 anos.

Quanto à caraterização destas famílias, 41,3% das vítimas provém de famílias nucleares (com ambos os progenitores) com filhos e 26,3% de famílias monoparentais. Os abusadores foram na maioria dos casos @s progenitores (em 619). De realçar que 24% destes têm dependência alcoólica. A maior parte dos crimes foram perpetrados em casa das crianças (65%).

Em termos geográficos, o distrito com maior volume processual foi Lisboa com 80 casos, seguido dos Açores com 44 casos, Faro com 37 e Vila Real com 20.

Estes números mantém-se preocupantes, com a agravante de terem sofrido um aumento de 29% relativamente ao ano de 2010. Por outro lado, também significa que a APAV é uma entidade reconhecida pelos cidadãos – incluindo as crianças – como uma entidade a quem recorrer em caso de perigo.

Fonte: Jornal Público

 

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: