RSS

Cursos e Formação Superior | crianças em risco

11 Jul

São várias as ofertas para quem pretende aprofundar os seus conhecimentos ou especializar-se na área das famílias/crianças em risco.

Ficam algumas opções, a nível nacional:

Pós-graduações e Mestrados

Centro de Direito da Família – Observatório Permanente da Adopção                                          15 Curso de Pós-graduação em Protecção de Menores (brevemente disponível)

Cognos – Formação Profissional e Desenvolvimento Pessoal                                          Pós-graduação em educação social e intervenção comunitária (presencial ou e-learning)

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação – Universidade de Lisboa                       Curso pós-graduado em Protecção de Menores

ISCE – Instituto Superior de Ciências Educativas                                                                   Mestrado em Educação social, especialização em intervenção com crianças e jovens em risco

ISCET – The school of business and social science                                                              Mestrado em Trabalho Social e Intervenção Socio-educativa

ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa                                                                               Mestrado em Psicologia Comunitária e Protecção de Menores

Universidade Católica – Centro Regional do Porto,  Faculdade de Educação e Psicologia    Mestrado em Ciências da Educação, especialização em Pedagogia Social                                 Mestrado em Psicologia, especialização em Psicologia da Justiça e do Comportamento desviante

Universidade Católica – Centro Regional de Lisboa, Faculdade de Ciências Humanas            Mestrado em Ciências da família, especializações em Contextos familiares de Risco

Universidade da Beira Interior – Departamento Psicologia e Educação                               Mestrado em Educação Social e Comunitária

Universidade dos Açores, Departamento de história, filosofia e ciências sociais             Pós-Graduação em Comportamentos de risco

Universidade Lusíada de Lisboa – Faculdade de Ciências humana e sociais                    Intervenção com crianças e jovens em risco psicossocial

Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias                                                      Mestrado em Risco e violência(s) nas sociedades actuais: análise e intervenção social                             Pós-graduação em orientação educativa, indisciplina e violência em contexto escolar: prevenção e resposta                                                                                                                        Pós-graduação em Violência Doméstica

Universidade Lusófona do Porto                                                                                         Pós-graduação em protecção e promoção dos direitos das crianças e jovens em risco                              (teve inicio em Janeiro de 2001)

 

Formações e Workshops

ISPA – Instituto Superior de Psicologia aplicada, departamento de formação contínua  Intervenção com Famílias no Sistema de Protecção de Crianças e Jovens (21 horas)                           Curso intensivo Direito da família e da criança (10 horas)

Webstudy                                                                                                                                               Curso de Maus tratos na infância e juventude: da sinalização à aplicação de medida de proteção
(45 horas) – regime e-learning

Universidade Católica do Porto, Campus Foz – auditório das pós-graduações                  Prevenção e denúncia do abuso sexual de crianças                                                                                Entrada gratuita

 
4 Comentários

Publicado por em 11 de Julho de 2011 em Formação

 

Etiquetas:

4 responses to “Cursos e Formação Superior | crianças em risco

  1. Elisangela Maria Assis Serrão

    29 de Dezembro de 2011 at 23:58

    Olá Leonor!! Meu nome é Elisangela, moro em Belém- Brasil, sou formada em Psicologia, atuante na área de Psicologia comunitária, um trabalho que para mim é muito gratificante, pois trabalhar com pequeninos me possibilita uma grande satisfação pessoal.
    Meu trabalho é desenvolvido dentro do CRAS (serviço de proteção básica) cujo objetivo é evitar que crianças, idosos, mulheres e adolescentes, que estão em situação de vulnerabilidade social, tenham seus direitos violados.
    Além de ser coordenadora do PETI (programa de erradicação do trabalho infantil), também sou responsável pelos idosos e adolescentes, inseridos nos programas do CRAS, a função da psicologia comunitária no Brasil, me possibilita um largo conhecimento, pois quando se fala em Brasil se fala de grandes desigualdades sociais, muita miséria que esta começando a ser trabalhada com mais atenção pelos governos atuais. Foi preciso um presidente (Lula) com olhar humanista, que veio do povo, para dar um novo direcionamento para a realidade da grande maioria do povo brasileiro.
    Hoje planejo iniciar um mestrado e expandir meus conhecimentos, para além das fronteiras do meu país, e dentro da pesquisa para alcançar tais objetivos encontrei o ISCTE e o ISPA, porém o que ganhou minha atenção foi o curso de mestrado do ISCTE, que a priori é mais direcionado para meus objetivos.
    E como você já conhece tal instituição e o curso, seria de grande valia para mim, poder saber pormenores, a cerca da instituição, citando alguns exemplos como: Se curso é ministrado mais inglês do que em Português, e se tal curso é muito procurado.

    Desde já agradeço a vossa atenção, e desejo a você e a sua família um feliz ano novo.

     
    • Maus Tratos na Infância

      16 de Fevereiro de 2012 at 11:53

      Olá Elisangela

      Muito obrigada pelo comentário e parabéns pelo seu percurso profissional, tem uma carreira belíssima. Quanto à questão que me coloca e relativamente ao ISCTE, em particular ao mestrado Psicologia Comunitária e Proteção de Menores, o curso é ministrado em Português pois a classe docente é toda portuguesa. Tivémos – no meu biénio – alguns docentes convidados, entre eles um que falava inglês, mas foi bastante perceptível. Depois há os seminários: esses sim, podem ser em língua estrangeira, mas há a opção de tradução (auriculares), portanto a língua não é definitivamente uma barreira🙂
      O curso tem vindo a ter muita procura, em particular pelo processo de Bolonha, em que para se concluir um curso superior, o mestrado passou a ser “quase” uma obrigatoriedade para conclusão dos estudos.

      Mais alguma questão que queira ver esclarecida por favor diga, prometo ser mais célere na resposta. Tenho estado ausente do blog, daí ter demorado tanto tempo a responder, as minhas desculpas.

      Um feliz ano de 2012 para si e para os seus Elisangela, disponha!

       
  2. Susana Jorge Ferreira

    12 de Setembro de 2011 at 23:31

    Oi Leonor, tudo bem? Sou a Susana Jorge Ferreira da ESEAG, e antes de mais quero congratular-te pelo teu blog. Está espectacular! Parabéns. Linda, tens uma pós-graduação dentro desta área na Universidade Técnica de Lisboa, mais precisamente no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (no Pólo Universitário da Ajuda). A pós-graduação chama-se “Protecção de Crianças em Perigo e Intervenção Local” e eu conclui-a no passado mês de Julho. O que mais gostei nesta pós-graduação foi o leque de professores: Eduardo Sá; Juiz Armando Leandro; Fausto Amaro; Maria do Rosário Carneiro, entre outros. Os docentes, têm uma relação laboral directamente relacionada com a área que nos estão a dar, ou seja, o Juiz Armando Leandro, como trabalha com as CPCJ, foi dar-nos o testemunho dele, e muitas das nossas aulas, mais pareciam seminários: super interessantes e uma verdadeira caixinha de surpresas! Deu-nos “Prevenção de Maus Tratos e Competências Parentais”. O Eduardo Sá, por exemplo, foi-nos dar a cadeira de “Intervenção Precoce na Prevenção de Factores de Risco”, pois ele trabalha directamente com crianças há muitos anos, e sabe de forma inequivoca como intervir e prevenir situações limite. Amei esta pós-graduação…amei a prof. de Abuso Sexual, pois para além de pediatra, ela foi a mentora da abertura de gabinetes de crianças batidas e maltratadas em alguns dos nossos hospitais, e como tal tinha uma imensidão de ínformação para nos dar. Adorei miga. Bem…falo muito, e pelos vistos também escrevo muito, e este comentário começou apenas por ser um “alerta” para o facto de poderes não conhecer este curso do ISCSP. Beijocas para vocês 3 lá em casa e nós cá nos vamos emcontrando pelo colégio dos miúdos.

     
    • Maus Tratos na Infância

      13 de Setembro de 2011 at 0:09

      Olá Susana! Obrigada pelo elogio. E obrigada pela recomendação. Termino este ano a tese de mestrado em Psicologia Comunitária e Proteção de Menores no ISCTE, também é excelente.

       

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: